Sede da APEX - Foz do Iguaçu
+55 (45) 3525-2652
contato@apexinternacional.org

APEX - Porto Alegre
+55 (51) 99974-1115
apexrs@apexinternacional.org

APEX - Curitiba
+55 (41) 99934-5007
apexcwb@apexinternacional.org

Projeto de Vida e Terceira Idade

Projeto de Vida e Terceira Idade

O comprometimento com metas e objetivos propicia motivação aos idosos, o que aumenta a disposição para a realização das atividades diárias e a motivação pela vida.

Idosos jogando dominó nos Centros de Convivência e praças ou senhoras fazendo tricô enquanto assistem a novelas, por muitos anos essas imagens eram referências ao se falar em aposentados. Contudo, essas cenas estão ficando no passado, dando lugar aos idosos com uma agenda movimentada, que contempla a academia, viagens, entre outras atividades, a rotina agitada propicia motivação e, principalmente, uma terceira idade mais saudável.

Com o aumento da expectativa de vida e os avanços da ciência – que possibilitam qualidade de vida – não cabe mais pensar apenas na figura do idoso sentado numa cadeira, acompanhando passivamente o passar dos dias. Eles (idosos) querem e podem ter uma rotina mais pró-evolutiva. A postura pró-ativa nesse estágio de vida, especialmente após a aposentadoria é questão de saúde. Estabelecer projetos e desafios a serem conquistados é motivador e traz benefícios psicológicos e físicos porque leva as pessoas com mais idade a continuarem ativas como agentes sociais.

Segundo o Ministério da Saúde, até o ano de 2050 o Brasil terá 63 milhões de idosos. Prevendo esse novo cenário populacional, o Governo já discute a reformulação das políticas públicas relacionadas à área da Previdência e da Saúde. No cotidiano das pessoas idosas uma nova forma de vivenciar essa etapa da vida também é cada vez mais evidente.

Aposentadoria – O processo de aposentadoria, por exemplo, está passando por adaptações. Algumas empresas, como a Usina Hidrelétrica Itaipu Binacional, desenvolvem programas específicos para preparar os funcionários para o momento de se desligar do trabalho. A preparação é fundamental. Imagina a mudança na vida das pessoas que por décadas trabalharam oito horas por dia e, “de repente”, perdem essa ocupação. Se elas tiverem projetos de vida estabelecidos, essa transição estará prevista e não representará um problema, e sim uma nova fase da vida. Não raro, as pessoas que se aposentam sem a devida preparação desenvolvem problemas psicológicos – como depressão – e até físicos, pela mudança no ritmo de vida, resultando em sedentarismo e as patologias decorrentes da falta de atividade física.

Por conta disso, é cada vez mais comum, as pessoas se dedicarem a uma nova profissão quando se aposentam. Na maioria das vezes não é visando ganhos financeiros, mas a realização de um antigo desejo ou para aproveitar o tempo, que agora está com menos atividades e mais disponível.

A prática de atividades físicas, alimentação balanceada e atenção com detalhes da rotina e as limitações naturais da idade são alguns dos cuidados importantes com os idosos. Os profissionais da Gerontologia, que cuidam justamente de todos os aspectos envolvidos no processo de envelhecimento – sociais, culturais e biológicos – defendem o acréscimo nessa lista de “projetos e objetivos de vida”, esteja a pessoa com 10, 40 ou 100 anos. E estes projetos, sejam eles de curto ou médio prazo – e seja um projeto que contemple a meta de voltar a andar, fazer as atividades de maneira independente, como por exemplo ir a padaria ou tirar o dinheiro da aposentadoria sozinhos, todos estes e muitos outros são fundamentais, pois podem gerar motivação por continuar produzindo e se relacionando ativamente com o mundo e as pessoas.

Cristina Ribeiro

2017-05-12T19:51:21+00:00 06/25/2010|